Gingando pela Paz no Haiti

Relatos de um capoeirista em terras haitianas

Pastinha também veio ao Haiti

Posted by flaviosaudade em 30/04/2009

 

 

No ano em que Mestre Pastinha completaria 120 anos o Gingando pela Paz presta a sua homenagem. No último sábado, 27, foi realizada a exibição do filme: Pastinha. Uma Vida pela Capoeira, do diretor Toninho Muricy, quem tive o prazer de conhecer dias antes de rotrnar ao Haiti. A exibição contou mais uma vez com o apoio do Centro Cultural de Estudos Brasileiros Celso Ortega Terra, o CEB.

 

Sala lotada, olhares atentos e o berimbau anunciou a chegada do grande mestre, que com a sua fala mansa, pausada, e no alto da sua sapiência encantou a todos. Claro, esta é uma inferência pessoal, mas falo daquilo que pude ler no semblante das pessoas. No entanto, não tenho dúvida de que a sua história de vida, a sua luta e dedicação toca o coração de qualquer pessoa. A sua entrega e o seu amor pela arte da capoeira, a sua nobreza de espírito e dignidade humana não passa desapercebido, mesmo pelos olhos e corações menos atentos.

 

 

 

 

 

Estavam presentes, além de 50 alunos do projeto, convidados e alunos dos cursos oferecidos pelo CEB e o secretário executivo do Viva Rio, Rubem Cesar Fernandes. Além deles,  tivemos a participação especial da capoeirista Fatou Diawara, aluna da professora Marcia que leciona em Abidjan, África.

 

 

 

 

 

Uma vez mais agradecemos o carinho e a dedicação do CEB, aos amigos Zé Renato e Normélia, que também marcaram presença, e que desempenham belo trabalho na promoção do diálogo entre as culturas hatiana e brasileira. E que oportunizam pessoas de diversas nacionalidades a conhecer um pouco mais da Terra-brasilis, da sua gente e da sua arte.

 

 

 

Vicente Ferreira Pastinha: Um dos grandes pensadores da humanidade

 

 

Pastinha foi um dos grandes pensadores da humanidade. E ainda que com menor repercursão, pelo menos por enquanto – haja vista a disseminação da nossa arte pelo mundo – deixou uma importante contribuição para a evolução da humanidade. Para além da esfera física, conseguia refletir como poucos o papel da capoeira. Visionário, do alto de sua sapiência e simplicidade magistral, nos ajudou (e permanece ajudando) a compreender que devemos olhar para dentro para seguirmos adiante. Dizia que “a capoeira é para evoluir o espírito”. E no meu entendimento, que não cessa de tentar entender, o espírito, neste caso, é a nossa própria humanidade. Essa sua frase sempre me inspirou muito e serve de norte para  o desenvolvimento das atividades do projeto Gingando pela Paz. Muito embora eu me deixe derrubar pela distração às vezes, suas observações acompanham-me sempre. Seus manuscritos são como uma bússola para quem deseja basear-se nos fundamentos e tradições da capoeira. Infelizmente, vemos por aí muita gente à margem de suas lições, agindo de maneira totalmente arbitrária e irresponsável. Porém, como também disse o mestre “a capoeira é tudo que a boca come”, por tanto, serve ao ser humano seja qual for a sua necessidade. Assim, cada um come aquilo que deseja para si. No entanto, os tempos são outros assim como as mentes, ou espíritos. E ainda que nos demoremos em repetir alguns erros as folhas secas não tardam à cair para que venham as novas. A evolução é um processo inexorável e não há nada nem ninguém que possa impedi-lo, ainda que empenhe todos os seus esforços e ferramentas, pois a evolução está acontecendo nos quatro cantos da terra.

Anúncios

2 Respostas to “Pastinha também veio ao Haiti”

  1. Fatou said

    Axe Flavio,
    Thanks a lot for the comment and the picture in your blog.
    Nice eve.
    Baci
    Fatou

  2. Roseana Kipman said

    Querido Saudade:

    Pena eu neste dia ter tido outro compromisso. Perdi mais esta bela apresentação. Mas o relato do ZéRenato e Normélia corroboram com as fotos que eu vi: você e sua roda são sinônimo de sucesso.

    Não vejo a hora de poder ter você como integrande do Centro de Cultura Brasil-Haiti ensinando amor, disciplina e responsabilidade para as “minhas” crianças abandonadas das redondezas.

    Sempre orgulhosa do seu trabalho, um beijo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: