Gingando pela Paz no Haiti

Relatos de um capoeirista em terras haitianas

Salve Jorge!

Posted by flaviosaudade em 26/04/2009

 

 

Dia 23 foi um dia especial para muitos brasileiros, dia de São Jorge, ou Ogum. Reza a lenda que Jorge nasceu na Capadócia, atual Turquia, por volta do ano de 280, no final do século III D.C. Após a morte do pai mudou-se com a mãe para a Palestina onde foi promovido a capitão do exército romano. Pela sua habilidade e coragem aos 23 anos recebeu o título de conde pelo Imperador. Com a perseguição desferida pelo imperador contra ao povo cristão, Jorge recusou negar a sua fé e fora submetido as mais diversas torturas. Vencedor de todas elas, arrebanhou inúmeros fiéis e hoje é cultuado pela Igreja Católica, no Candomblé e na Umbanda. Santo dos mais populares, é reconhecido como um emissário de Deus na luta pelos excluídos e marginalisados. Padroeiro da Inglaterra, de Portugal, da Catalunha, dos soldados e escoteiros já foi tema de canções de diversos cantores como Jorge Ben Jor, Caetano Veloso e Fernanda Abreu. Para mim ele é uma inspiração para a luta constante que devemos travar com o dragão que existe em cada um de nós.

 

E não é só no Brasil que o santo arrebanha fiéis. Saint Jeorge ou Ogou, como é conhecido no Vodu, também possui muitos seguidores neste país do caribenho. Aqui a sua festa é no mês que vem e os rituais são quase os mesmos: ir a igreja ou aos centros, acender velas, pedidos de prosperidade financeira; não fosse uma pequena diferença. Alguns haitianos se dirigem a estes locais com o intuito de receber números das loterias, que se forem oferecidos pela entidade, podem ser entregues na hora ou em sonhos. E por conta da forte presença da igreja católica, assim como no Brasil muitas pessoas acreditam ser o Orixá o próprio diabo, assim como a prática do vodou. Certa vez vestia uma camisa com a imagem do santo e um dos alunos apontava dizendo que era “el diablo”. Guardei a oportunidade.

 

E em nossa última aula, dedicada aos cânticos e ao diálogo, enquanto falávamos sobre a História do Brasil e do Haiti,  usamos a história do santo para ilustrar a importância de nos tornarmos heróis das nossas próprias histórias. Falamos, principalmente, da necessidade de dominarmos o dragão que carregamos para nos tornar pessoas melhores, bem como da importância de refletirmos sempre e de não aceitarmos tudo que nos dizem como a verdade absoluta.

 

Admirador do Santo Guerreio, como os amigos puderam perceber, longe dos dogmas religiosos, faço votos que a história tenha oportunizado a reflexão e que eles realmente se percebam como heróis, pois o são, verdadeiramente.

 

Salve Jorge! Salve Ogum!

 

 

Oração a São Jorge

Eu andarei vestido e armado com as armas de São Jorge para que meus inimigos, tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me vejam, e nem em pensamentos eles possam me fazer mal.

Armas de fogo o meu corpo não alcançarão, facas e lanças se quebrem sem o meu corpo tocar, cordas e correntes se arrebentem sem o meu corpo amarrar.

Jesus Cristo, me proteja e me defenda com o poder de sua santa e divina graça, Virgem de Nazaré, me cubra com o seu manto sagrado e divino, protegendo-me em todas as minhas dores e aflições, e Deus, com sua divina misericórdia e grande poder, seja meu defensor contra as maldades e perseguições dos meu inimigos.

Glorioso São Jorge, em nome de Deus, estenda-me o seu escudo e as suas poderosas armas defendendo-me com a sua força e com a sua grandeza, e que debaixo das patas de seu fiel ginete meus inimigos fiquem humildes e submissos a vós. Assim seja com o poder de Deus, de Jesus e da falange do Divino Espírito Santo.

São Jorge Rogai por Nós.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: