Gingando pela Paz no Haiti

Relatos de um capoeirista em terras haitianas

Algumas atividades realizadas

Posted by flaviosaudade em 21/01/2009

 

As cornetas do haha

Tambou Lapé II / Tambores pela Paz II

 

Assim que chegamos ao Haiti tivemos uma missão à princípio muito delicada. Iríamos participar das comemorações do Tambou Lapé II, show promovido a cada dois meses pelo Viva Rio que atua fortemente na integração e sensibilização da população. Momento em que se apresentam vários artistas locais, em sua maioria de rap,  que cantam músicas sobre prevenção da AIDS (SIDA). O público estimado foi cerca de 3.000 pessoas. Esta edicão foi realizada num bairro chamado Cité Soleil, um dos bairros com maior índice de pobreza do Haiti. O palco era o único local iluminado, pois toda redondeza, pelo que me pareceu, parecia estar sem luz. Confesso, fiquei um tanto apreensivo para a forma com que seríamos recebidos, pois antes apresentaram-se vários grupos locais. Tinha receio de que não agradasse pelo fato de ser estrangeiro e, principalmente, por eles desconhecerem o que é a capoeira. No entanto, mal abri a boca e toquei o berimbau e o povo acompanhou na hora. Coisa mesmo de sinergia! Uma multidão respondendo ao coro, ruas tomadas, pessoas nas janelas, nas lajes. Foi um momento mágico, nunca vi nem senti nada igual. Um importante momento para a capoeira. Até hoje quando caminho pelas ruas vez ou outra alguém canta: Paranaê, Paranaê, Paraná… Agradecimento especial ao querido mestre Genaro, baluarte da capoeiragem do Rio de Janeiro e importante mantenedor desta arte, quem fez esta música em homenagem ao mestre Paraná, um dos maiores tocadores de berimbau que a capoeira já conheceu. Sem dúvida, uma das músicas mais conhecidas em todo o mundo.

 

 

Apresentação no BRABATT / Medal Parede

 

Soldados capoeitistas brasileiros e alunos do GPPEm visita do ex comandante da Tropa, Coronel Fioravante, e do Embaixador e a Embaixatriz do Brasil no Haiti à Kai-Nou, fomos convidados para fazer uma apresentação no Medal Parade, evento de entrega das medalhas para o contigente que estava finalizando a missão. Estavam presentes diversas autoridades e convidados. Levamos seis de nossos alunos e contamos com o apoio de seis soldados que também praticavam capoeira. Devo esclarecer que é uma tarefa muito difícil para um iniciante com pouco menos de um mês de ensino apresentar-se para o público. Ainda mais quando nao se está em um grupo grande. No entanto, para a surpresa de todos, os alunos tiveram um desempenho impressionante. E o que mais me impressiona foi eles entrarem na roda com outros capoeiristas e não se deixarem intimidar. Os movimentos fluíram com total espontaneidade e segurança. Ao final, eles pergutavam se jogaram bem, se as pessoas gostaram… Um momento magnífico que me emocionou demais e, estou certo, eles levarão por toda a vida.

 

 

Exibição do Filme Bimba: A Capoeira Iluminada no CEBH

No dia 15 de novembro, em parceria com o Centro de Estudos Brasileiros no Haiti, levamos 45 alunos para assistir o filme Bimba: A Capoeira Iluminada, uma produção super bem concebida sobre um dos maiores ícones da nossa arte. Foi um momento marcante desde o início, quando nos encontramos em Kay-Nou para nos dirigirmos ao CEBH. Acostumados a vê-las sempre com suas roupas gastas, calças presas com barbantes, camisas em tamanho bem maior, foi uma surpresa muito gratificante encontrá-las todas arrumadas, perfumadas. O filme ofereceu uma oportunidade importantíssima para trabalharmos aspectos importantes para a formação dos nossos alunos. E foi extremamente importante o conhecimento deles da historia do mestre Bimba; um homem negro,  pobre, que através da sua luta e por amor a um ideal conseguiu vencer; ainda que tenha terminado os seus dias em dificuldade.

 

O filme agradou tanto que um casal amigo, ele haitiano, ela francesa, resolveram batizar o filho com o nome do mestre. Pode parecer estranho para nós brasileiros, mas isso reflete bem a influência da nossa cultura por aqui. Bimba veio fazer compahia ao Lula, que hoje conta com 8 meses. Ao final fizemos uma bela roda que contou com a presença da embaixatriz, mulher de espírito forte e simpatissíssima, e de alunos de cursos do centro. Ao som do berimbau, e de cânticos em uníssono, festejamos juntos a amizade e a vida. E mais uma vez a capoeira agiu para celebrar as diferenças e irmanar as pessoas. E o CEBH será mais um local onde o Gingando pela Paz estará presente, oferecendo a cada vez mais pessoas a oportunidade de entrar em contato e de experimentar esta arte brasileira. 

Apesar de tantos problemas, seria errado afirmar que aqui existe apenas miséria, pobreza e sofrimento. Pelo contrário. Existem muitas coisas boas e uma delas é especificamente aquela que se fortalece na falta de outras coisas. A vontade de viver, de aprender. E o haitiano expressa isso claramente. Poderia dizer que é impressionante que, vivendo em condições tão precárias, ainda achem motivos para sorrir, para serem felizes. No entanto, sinto que a alegria deles vem do simples motivo de estarem vivos e do querer-viver. O Haiti necessita de muitas coisas,  porém creio que a necessidade maior seja a de que sejam divulgadas também as coisas boas, pois problemas todo país tem os seus. No entanto, quando se veícula apenas coisas ruins passamos a acreditar que existem apenas coisas ruins. Com isso, os problemas tendem aumentar e cria-se um estigma que afasta pessoas, investimentos. O país é submetido à escravidão econômica e o seu povo condenado ao subdesenvolvimento.

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

  

Beija-flor e uma caxinguelê

Beija-flor e uma caxinguelê

 

 

 

 

 
Saudade e Cambaxirra

Saudade e Cambaxirra

Embaixatriz do Brasil no Haiti e Saudade

Embaixatriz do Brasil no Haiti e Saudade

 
Anúncios

2 Respostas to “Algumas atividades realizadas”

  1. MESTRE MARCOS CAPOEIRA said

    pô saudade. vc não sabe como fiquei emocionado vendo vc jogando capoeira com esse menininho. Bom, não tenho palavras, mas uma coisa é certa; estou muito orgulhoso de vc . Estou bem representado.

    um grande abraço do seu mestre!

  2. MESTRE MARCOS CAPOEIRA said

    continue sendo essa pessoa maravilhosa e dedicada que vc é.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: